O Milagre de Jesus da Ressurreição de Lázaro

Jesus realizou inúmeros milagres que deixavam as pessoas maravilhadas. Mas o milagre de Jesus da ressurreição de Lázaro é o que causou mais impacto nas pessoas, pois revela Jesus como o Senhor da vida e da morte e por ter sido também uma antecipação da ressurreição do próprio Jesus.

A passagem sobre a ressurreição de Lázaro consta apenas no Evangelho de João.

Quem Foi Lázaro – O Amigo de Jesus Cristo

Lázaro nasceu muito provavelmente no início do século I, em Betânia, na Judeia, atual cidade da Cisjordânia. Não há muitas informações sobre a vida de Lázaro, mas sabe-se que ele tinha duas irmãs: Marta e Maria.

Esses três irmãos tiveram o grande privilégio de Jesus hospedado em sua casa. Há uma passagem no Evangelho de São Lucas que deixa bem claro essa forte amizade entre Jesus e a família de Lázaro:

Marta quer Jesus que repreenda sua irmã Maria para ajudá-la nos afazeres da casa. Ela diz para Jesus:

Senhor, não te importas que minha irmã me deixe só a servir?

Pelas palavras e intenção de Marta, podemos observar que há uma amizade muito forte entre eles, pois ela praticamente está chamando a atenção de Jesus.

O Milagre de Jesus da Ressurreição de Lázaro

Marta e Maria mandaram avisar Jesus que Lázaro estava muito doente. Ao receber a notícia, Jesus responde:

Esta enfermidade não causará a morte, mas tem por finalidade a glória de Deus.

Após dizer isso, Jesus não responde imediatamente ao chamado das irmãs, mas espera dois dias. Quando Jesus chega perto de Betânia, Lázaro já estava morto há quatro dias.

O Milagre de Jesus da Ressurreição de Lázaro (1609) - Caravaggio. Obra preservada no Museu Regional de Messina
O Milagre de Jesus da Ressurreição de Lázaro (1609) – Caravaggio. Obra preservada no Museu Regional de Messina

 

Quando Marta ficou sabendo da vinda de Jesus, foi até ele e disse algo que só uma pessoa muito próxima a Jesus poderia dizer:

Senhor, se tivesses estado aqui, meu irmão não teria morrido.

Jesus respondeu:

Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que esteja morto, viverá. Crês nisso?

Um pouco antes de chegar à aldeia, Maria repetiu para Jesus as palavras da irmã. Jesus então perguntou onde o colocaram. Nesse momento, ficamos sabendo pelo Evangelho de João, que Jesus foi tomado por uma profunda emoção e chorou. Vendo isso, os judeus que estavam perto comentaram entre si sobre como Jesus amava aquele que havia morrido.

Isso demonstra mais uma vez a profunda amizade que existia entre eles. Jesus então, foi até onde Lázaro estava sepultado e mandou que retirassem a pedra que fechava o túmulo.

A pedra foi retirada, Jesus fez uma oração e depois disse:

Lázaro, vem para fora!

O morto então saiu, com os pés e mãos com faixas e o rosto coberto por um sudário. Após o ocorrido, Lázaro foi perseguido, pois se tornou mais uma prova dos milagres de Jesus.

O Milagre de Jesus da Ressurreição de Lázaro (1619) - Giovanni Francesco Barbieri, conhecido como Guercino. Museu do Louvre
O Milagre de Jesus da Ressurreição de Lázaro (1619) – Giovanni Francesco Barbieri, conhecido como Guercino. Museu do Louvre

 

O que Aconteceu com Lázaro Após sua Ressurreição por Jesus

Uma antiga tradição divulgada entre os séculos 11 e 12, afirma que Lázaro teve que fugir com suas irmãs, Marta e Maria, pelo Mar Mediterrâneo. Seguiu até a costa da França e foi proclamado o primeiro Bispo de Marselha.

Há também uma outra versão historicamente mais aceitável: por conta da conspiração e perseguição que estava sofrendo por parte dos Judeus, Lázaro teria fugido para a ilha de Chipre e encontrado os apóstolos Paulo e Barnabé, sendo ordenado o primeiro Bispo de Chipre.

Quanto Tempo Viveu Lázaro após ser Ressuscitado?

De acordo com relatos de Santo Epifânio, Lázaro viveu por mais 30 anos após sua ressurreição e teria morrido de velhice. Como Lázaro morreu duas vezes, há dois túmulos considerados locais de peregrinação.

O local onde Jesus o ressuscitou fica na Betânia, atual Al Lazzari, que significa lugar de Lázaro, na Cisjordânia. O outro fica na Igreja de São Lázaro, em Lárnaca, na ilha de Chipre.

Foram realizadas escavações no início da década de 1970, na Igreja de São Lázaro, e seu túmulo foi encontrado. Havia os seguintes dizeres no mármore: “Amigo de Cristo.”

São Lázaro de Betânia, o amigo de Jesus Cristo, é festejado no dia dezessete de dezembro.

A mensagem que fica é: Cristo derruba o muro da morte. Nele habita toda a plenitude de Deus, que é vida eterna. É por isso que a morte não tinha nenhum poder sobre Ele; e a ressurreição de Lázaro é um sinal do seu pleno domínio sobre a morte física, que diante de Deus é como um sono (cf. Jo 11,11).

A ressurreição de Lázaro não é só um símbolo da futura ressurreição do próprio Jesus, mas também um sinal de um presente que Ele dá aos que Nele crêem.

A voz firme e forte do Mestre, praticamente um grito com o qual Jesus chama Lázaro é também a voz Daquele que já agora chama os espiritualmente mortos a voltar a viver.

É um convite para todos aqueles que se encontram na sepultura devido aos seus próprios vícios, tais como: indiferença, inveja, egoísmo, desespero e voltem a viver trilhando o caminho Daquele que nos ama incondicionalmente: Nosso Senhor Jesus Cristo.

Leia também:
O Milagre do Escravo Zacarias Realizado por Nossa Senhora Aparecida

Você Também Pode Gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas